Associação Cultural de Mulheres Negras, estará realizando no dia 17 de setembro de 2016 um encontro sobre as Mulheres Negras na Politica, local Sindserf, endereço Rua: Bento Martins n°24, 9° andar Porto Alegre/RS horário: das 09:00 até 12:00.Faça sua inscrição entre em contato com Acmun.
Saiba Mais...
O Projeto Conhecer: Informação e Orientação Sobre Prevenção DST/HIV/AIDS E Saúde da População Negra, foi desenvolvido pela ACMUN e tem como objetivo geral informar a população (especialmente as mulheres, e dentre estas as mulheres negras) que acessam as Unidades Básicas de Saúde, através da realização de oficinas na sala de espera que possibilite de maneira dinâmica envolver a todas sobre a importância do auto cuidado, e do cuidado com o outro em relação à prevenção das DST/HIV/AIDS e Hepatites
Saiba Mais...
A ACMUN, através do Programa "Agentes Multiplicadoras em Saúde", iniciou neste domingo ação de intervenção para prevenção de Tuberculose junto à familiares de presos no Presídio Central de Porto Alegre. Esta ação está sendo realizada em parceria com o Programa Nacional de Tuberculose do Ministério da Saúde e o Grupo Thema de Comunicação, no âmbito do Projeto TB Reach - Tuberculose: Informação e tratamento curam".

Segundo dados do Ministério da Saúde, a Tuberculose tem uma incidência média de
Saiba Mais...
QUEM SOMOS
A Associação Cultural de Mulheres Negras, ACMUN, tem como principal objetivo a valorização da população negra, em especial das mulheres negras. A ACMUN desenvolve ações para o combate da discriminação de gênero, raça e etnia.

As atividades realizadas são pautadas principalmente nas áreas de Direitos Humanos, Educação e Saúde. A atuação da ACMUN se dá por meio da participação em comitês, comissões e conselhos de saúde da população negra e nas seguintes redes:

- Articulação de Organização de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB)
- Rede Nacional Lai Lai Apejo - População Negra e AIDS
- Rede Nacional de Controle Social e Saúde da População Negra

COMO TUDO COMEÇOU

A trajetória da ACMUN inicia por um grupo de mulheres negras do Morro Maria Conceição em Porto Alegre, em 5 de junho de 1994. A partir dos encontros para rezar o terço no Clube de Mães, das idas à igreja a aos terreiros de matriz africana, elas iniciaram discussões sobre a situação do povo da vila e organizaram uma série de intervenções que modificaram suas vidas e a dos moradores. O resgate cultural, o empreendedorismo e a solidariedade marcaram as vidas de dezenas de mulheres que transformaram as condições de exclusão social em ações de cidadania e solidariedade.

Nelma Oliveira Soares, uma das fundadoras da associação, organizava as rezas de terço semanais na Igreja Santo Antônio. Começamos nos reunindo como grupo de mulheres negras. Participavam mulheres da Vila Maria Conceição e Cruzeiro do Sul.

Isso era o ano de 1989 e então formamos o grupo Oduduwa com as companheiras Nelma Oliveira Soares, Maria do Carmo, Zoraida, Maria Luiza, Sueli Farias, Maria Jurema, Sara, Tia Rota e Mãe Marlene para estudar a cultura negra", comenta Sueli Ramos, conhecida como Tia Sueli.

Os encontros do grupo conquistaram representatividade nos espaços de debate e decisões na vila e na cidade. Era o início da formação de lideranças comunitárias e agentes sociais na faixa etária dos 15 a 60 anos. O talento dessas mulheres foi direcionado para a geração de trabalho e renda, elas organizaram uma cooperativa de costureiras que produzia acolchoados e peças de roupa afro com a grife Aso Dúdú. Todos os trabalhos da comunidade vinham das ações de mulheres. Conseguimos criar demandas políticas a partir do nosso entendimento como mulheres negras e da aquisição de consciência política, destaca Maria Luiza Santos.

As mulheres negras revolucionaram o Morro da Conceição propondo a realização de missas afro na paróquia, a criação um grupo de dança São Francisco e a organização da Festa do Vermelhão em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra.
EQUIPE
Susane Souza
Assistente Social, especialista em saúde pública. Coordenadora Financeira da ACMUN. Coordenadora do Projeto Conhecer: Informação e orientação sobre prevenção de DST/HIV/AIDS e Saúde da População Negra.
Simone Vieira da Cruz
Psicóloga, Coordenadora Executiva da ACMUN, especialista em psicooncologia, mestre em saúde coletiva. Membro do Conselho Nacional de Saúde. Secretária Executiva da AMNB (Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras).
Samantha Costa
Administradora, assistente administrativa ACMUN, coordenadora do Projeto Igbá Ilera: Mulheres de Terreiro na Promoção da Saúde e Prevenção das DST/HIV/AIDS
Francisca Izabel da Silva Bueno (Xyka)
Professora, coordenadora administrativa da ACMUN, integrante do Comitê Técnico Estadual de Saúde da População Negra do RS.
AGENDA
29/04/2016
O Projeto Conhecer: Informação e Orientação Sobre Prevenção DST/HIV/AIDS E
22/04/2016
Agentes Multiplicadoras ACMUN participaram de capacitação no ultimo sábado,
13/04/2016
Entre os dias 11 e 13 de abril de 2016, aconteceu na cidade do Rio de Janei
05/04/2016
Durante o dia 05 de abril de 2015,em São Paulo, Capital, Simone Cruz, coor
03/04/2016
Após cinco anos à frente da Coordenação colegiada da Articulação de Organiz
Mais Agenda
REDES
WWW.ACMUN.ORG.BR
Rua Vigário José Inácio, 371 - sala 1919 - Centro Histórico
Porto Alegre/RS - CEP: 90028-900
Fone: 55 + 51-3062.7009
© Copyright Associação Cultural de Mulheres Negras - Todos os direitos reservados. title=